Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Comunicados

A União de Associações do Comércio e Serviços (UACS) tem em funcionamento um gabinete que opera de forma gratuita para prestar apoio e esclarecer as dúvidas das empresas dos setores do comércio e serviços no acesso às medidas extraordinárias do Governo devido à pandemia da Covid-19.

A sua função é proporcionar a todas as empresas, quer sejam ou não associadas da UACS, o acesso gratuito a um serviço informativo e de esclarecimento no que concerne às medidas legislativas, regulamentares e financeiras adoptadas pelo Governo em resposta à situação pandémica do COVID-19. A associação está a reportar ao ministério os dados resultantes deste acompanhamento realizado através do gabinete.

A presidente da Direção da UACS, Lourdes Fonseca, considera que “este gabinete de apoio é de extrema necessidade e importância no momento que atravessamos como forma de podermos apoiar as PME’s, a grande maioria das empresas associadas que a UACS representa. O gabinete de crise permite estabelecer um canal privilegiado para as empresas esclarecerem dúvidas e tornar mais rápidas e eficazes as medidas de apoio aos setores do comércio e serviços que têm sido dos mais afectados durante a pandemia", acrescenta.

Este gabinete funciona de forma gratuita, através de dois canais de comunicação, o sítio na internet www.uacs.pt/ através do correio electrónico uacs@uacs.pt e do número de telefone 21 351 56 10. Para além da UACS, o gabinete conta com o apoio na área económica da Soc. Contas e Resultados-Contabilidade, Fiscalidade e Gestão, Lda. e no campo jurídico da Sociedade Navarro Advogados.

Segundo informações que as empresas associadas fazem chegar à UACS a sua maior preocupação passa pela dificuldade no acesso às medidas de apoio do Governo.

A celebrar 150 anos, este ano, a UACS tem desde o ano da sua fundação o objetivo de apoiar e defender os empresários do setor do comércio e serviços nas questões relacionadas com o arrendamento, com a legislação laboral e respetivo contrato coletivo de trabalho, os impostos, as taxas municipais e demais assuntos relacionados com o desenvolvimento da atividade.

Fonte: Green Media
Facebook Linkedin Twitter Pinterest

Tem um projecto em mente?

Teremos o maior prazer em concretizá-lo.